CERD-DESCALVADO

CLUBE ESPORTIVO E RECREATIVO DESCALVADENSE

 

DEPARTAMENTO DE ESPORTES

 

REGULAMENTO DE FUTEBOL SOCIETY DO C.E.R.D.

 

TROFÉU  TRANSITÓRIO – 2017

 

 

ARTIGO 1º – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 – Este regulamento é o conjunto das disposições que regerão o campeonato.

1.2 – O campeonato tem por finalidade desenvolver a integração social e desportiva entre os sócios participantes e oferecer distração e lazer aos sócios não participantes.

1.3 – As equipes participantes deverão conhecer as regras do futebol society, as leis esportivas e as normas estabelecidas pelo estatuto do C.E.R.D., e a elas se submeterem sem nenhum recurso.

1.4 – As equipes participantes desse campeonato serão consideradas conhecedoras desse regulamento, e assim, se submeterão sem ressalva alguma a todas as consequências que dele possam emanar.

 

ARTIGO 2º – DAS EQUIPES

2.1 – Cada equipe poderá inscrever:

  1. a) – 15 atletas
  2. b) – 1 técnico
  3. c) – 1 massagista

 

ARTIGO 3º – DO ATLETA E DIRIGENTES

3.1 – É condição irrevogável para inscrição e participação do atleta e dirigentes em jogos, que o mesmo seja associado ou dependente de associado, em dia com a mensalidade do CERD.

3.2 – O atleta, para participação no Campeonato, devem ter nascido a partir do ano de 2002.

3.3 – O atleta ou dirigente que assinar para mais de uma equipe estará eliminado do campeonato e ficará suspenso por 03 (três) meses de qualquer atividade esportiva promovida pelo clube.

3.4 – As inscrições de atletas e dirigentes poderão ser realizadas até a última rodada da fase de classificação (1ª. Fase), na mesa do representante antes de cada partida, se responsabilizando por estar em dia com a mensalidade do Clube.

3.5 – Todo atleta ou dirigente não poderá exercer dupla função, ou seja, assinar como atleta e assinar como dirigente ou vice-versa, em sua equipe ou em outra equipe.

3.6 – O atleta que assinar a ficha de inscrição, só poderá ser substituído com apresentação de atestado médico original, legível e com endosso do atleta substituído atrás do mesmo.

3.8 – Só poderão participar do campeonato, atletas aptos a participar em eventos dessa natureza, portanto o CERD, não se responsabilizará por qualquer tipo de acidente que possa ocorrer antes, durante ou após a partida.

3.9 – O atleta que infringir o item 3.1 estará automaticamente suspenso por 01 (uma) partida, na reincidência será julgado pelo Departamento de Esportes.

3.10 – O não cumprimento dos artigos acima acarretará em perda dos pontos, sendo os mesmos computados para a equipe adversária.

 

ARTIGO 4º – DAS REGRAS

– O Campeonato seguirá as regras oficiais do Futebol Society.

 

 

ARTIGO 5º – DO ANOTADOR DA PARTIDA

5.1- Caberá ao mesmo:

  1. a) Anotar todas as infrações cometidas pelos atletas e dirigentes das equipes.
  2. b) Anotar qualquer irregularidade ocorrida na partida, em detalhes e em termos compreensíveis.
  3. c) Fazer cumprir o horário da partida estabelecido pela Comissão Organizadora (Tabela).

 

ARTIGO 6º – DOS ÁRBITROS

6.1 – Os árbitros deverão ser designados antecipadamente para sua função.

6.2 – É função dos árbitros aplicarem as regras da competição e zelar pela disciplina dos jogadores e dirigentes durante os jogos

6-3 – Deverão estar devidamente uniformizados, munidos de apito, relógio e cartões: amarelo e vermelho.

6-4 – Deverão relatar na súmula do jogo todos os atos que infrinjam o regulamento, quer pelas equipes, jogadores ou dirigentes;

6-5 – Deverão assegurar a realização da partida evitando a presença de elementos estranhos na área de jogo e seus arredores que possam vir a prejudicar seu trabalho;

6-6 – Somente a comissão organizadora poderá substituir, evitar, vetar ou ainda excluir do quadro de arbitragem os árbitros que de uma maneira ou de outra se encontrem inaptos a dirigir uma partida;

 

ARTIGO 7º – DO UNIFORME

7.1 – Será obrigatório o uso de uniforme completo, com meias de futebol cano longo iguais, calções iguais e camisas iguais, podendo sendo numeradas de 01 à 99, desde que não haja coincidência numérica.

7.2 – Só será permitido tênis apropriados para o esporte.

7.3 – Quando houver coincidência de cor de uniforme, a equipe mandante (colocada à esquerda da tabela) realizará a troca dos mesmos no prazo de 10 minutos, a Comissão não fornecerá uniforme ou coletes para as equipes.

7.4 – O não cumprimento dos itens acima, acarretará em perdas dos pontos para a equipe adversária e o infrator será julgado pelo Departamento de Esportes.

7.5 – A Comissão Organizadora sugere o uso de caneleiras durante as partidas, apenas visando a integridade física do associado, porém não se torna item obrigatório.

 

ARTIGO 8º – DOS JOGOS

8.1 – Os jogos serão realizados conforme tabela entregue aos representantes das equipes e fixada no mural e no site do clube.

8.2 – Não será adiado, antecipado ou prorrogado pela comissão o compromisso exigido pela tabela, a menos por motivo de força maior.

8.3 – Dentro do campo caberá ao árbitro e somente ao árbitro, o adiamento da partida em caso de condições de mau tempo, ou outro motivo realmente grave.

8.4 – Se o atleta ou dirigente tomar parte do jogo irregularmente, ou seja, do que está previsto neste regulamento e de fato for comprovado pela organização, automaticamente a sua equipe perderá os pontos para a equipe adversária e o infrator será julgado pelo Departamento de Esportes.

8.5 – No caso de uma partida ser suspensa será remarcada, a menos que a partida não atinja 2/3 da sua realização e conforme a necessidade será julgada pelo Departamento de Esportes.

8.6 – Os jogos adiados terão novas datas e horários marcados pela Comissão.

8.7 – Só poderão permanecer em campo 7 jogadores que irão iniciar a partida, demais jogadores todos uniformizados, o técnico e o massagista deverão estar sentados dentro do banco de reservas.

8.8 – A equipe poderá iniciar a partida com o mínimo de 5 atletas, podendo ser completada a qualquer momento da partida.

8.9 – O tempo de duração das partidas é de 50 minutos, dividindo em dois períodos de 25 minutos corridos com até 05 minutos de intervalo entre ambos.

8.10 – Será permitido ao treinador ou capitão de cada equipe solicitar um pedido de tempo, por período de jogo, sendo que o capitão deverá pedir ao árbitro, e o técnico ao anotador da partida e esse tempo será acrescentado ao tempo normal de jogo após a conclusão dos 25 minutos corridos.

 

ARTIGO 9º – DAS PUNIÇÕES

9.1 – O Departamento de Esportes, cuidará da organização da justiça e do processo disciplinar do Campeonato, através deste regulamento, do Estatuto do CERD e das regras do futebol society.

9.2 – A equipe que no transcorrer da competição, não comparecer no horário designado para o jogo, ou se apresentar com um número de atletas inferior ao estabelecido pela competição, perderá o direito de prosseguir na competição, sendo assim eliminada por WO, e todos os seus resultados permanecerão, e os jogos restantes deverão ser computados resultados de 1 a 0 para os adversários.

9.3 – A equipe que for suspensa por caracterizar WO, seus jogadores e dirigentes terão um prazo de 72 (Setenta e duas ) horas, a contar da data do jogo que aconteceu o ocorrido, para apresentarem atestado médico, ou outros documentos que justifiquem a sua ausência.

9.4 – Os documentos apresentados dentro do prazo estipulado serão analisados e investigados pelo Departamento de Esportes.

9.5 – Todos os atletas e dirigentes da equipe que for eliminada por WO, que não compareceram e que não apresentaram justificativas dentro do prazo estipulado, ou que tiverem suas justificativas rejeitadas pelo Departamento de Esportes, ficarão suspensos por 01 (um) ano de todas as atividades esportivas promovidas pelo Departamento de Esportes do CERD, a contar da data do término da competição.

9.6 – Estarão isentos de suspensão no caso de WO os atletas e dirigentes que estiverem cumprindo suspensão na partida que tenha ocorrido o WO.

9.7 – O sócio que agredir física ou verbalmente o outro sócio, árbitro, anotador, atletas adversários, representantes da equipe, representantes ou membros da Comissão Organizadora, serão julgados pelo Departamento de Esportes que poderão ditar uma punição correspondendo de 30 à 365 dias de todas as atividades esportivas promovidas pelo CERD, e conforme a gravidade serão encaminhados para o Conselho de Disciplina do CERD.

9.8 – O atleta que cometer 5 infrações durante o jogo será excluído da partida, devendo ser substituído imediatamente e retirar-se-á do campo de jogo.

9.9- CARTÃO AMARELO (ADVERTÊNCIA )

– 1º SÉRIE DE 3 CARTÕES AMARELOS – 1 PARTIDA DE SUSPENSÃO;

– O atleta que receber o 3o cartão amarelo na última partida da fase de classificação, ficará suspenso da próxima partida de sua equipe, na qual se classificou.

9.10 – CARTÃO VERMELHO (EXPULSÃO)

O atleta ou dirigente expulso estará automaticamente suspenso por 1 partida, e dependendo da gravidade da expulsão o Departamento de Esportes poderá ditar novas penalidades.

  1. A) O atleta que receber cartão vermelho estará excluído imediatamente da partida e deverá ser substituído por outro atleta somente após 2 minutos cronometrados com a bola em jogo.
    • – Não serão zerados os cartões em nenhuma das fases do Campeonato.
    • – O atleta que receber cartão amarelo deverá trazer na próxima partida 1 (um) litro de Leite.
    • – o Atleta que receber cartão vermelho deverá trazer na próxima partida 1 (um) pacote de Fralda.

 

ARTIGO 10º – DO CAMPEONATO

10.1 – Haverá uma tolerância de 15 minutos para o primeiro jogo, sendo que para os próximos jogos prevalecerá o horário estabelecido na tabela.

  1. a) Passando do horário estabelecido na tabela dos próximos jogos os mesmos não terão tolerância.

10.2 – Deverá ser considerado para efeito de tolerância o relógio do árbitro que deverá estar aferido com o do anotador da comissão.

10.3 – A equipe que adentrar em campo depois de ultrapassado a tolerância de 15 minutos perderá os pontos, sendo os mesmos computados para a equipe adversária, e a mesma será eliminada do Campeonato, e atletas e dirigentes que não compareceram ficarão suspenso por 01 (um) ano de todos os eventos esportivos promovidos pelo Cerd, salvo se o atleta faltante justificar, nos termos dos artigos 9.3 e 9.4.

10.4  Forma de disputa: (1ª Fase, Quartas de Finais, Semifinais e Finais)

Na primeira fase as equipes jogarão entre si em um único grupo, classificando-se para a quartas de finais as 08 (oito) primeiras colocadas, sendo os confrontos a partir das quartas de final em uma única partida e em caso de empate durante a mesma, a equipe com a melhor colocação tem o direito do empate, na Semifinal e Final a disputa em uma única partida e em caso de empate durante a mesma serão cobrados 03 penalidades máximas para cada equipe e prevalecendo o empate será cobrado 01 penalidade para cada equipe até que uma converta e a outra não.

  1. A contagem de pontos será a seguinte:
  • Vencedor – 3 pontos
  • Empate – 1 ponto
  • Derrota – 0 pontos

 

               Observação: Nas Quartas de Finais, Semifinais e Finais, os confrontos que terminarem empatados em seu tempo normal será utilizado para definir os vencedores cobranças 03 (três) penalidades máximas para cada equipe após o final da partida do confronto, permanecendo o empate serão cobrados 1(uma) penalidade máxima alternada até que saia um vencedor.

10.5 – O critério para desempate a fim de determinar a colocação das equipes na primeira fase, são os seguintes:

  1. a) Confronto direto (somente entre duas equipes);
  2. b) Número de vitórias;
  3. c) Índice disciplinar – Valendo para cada cartão amarelo recebido 1 ponto e cartão vermelho 3 pontos;
  4. d) Maior número de gols marcados
  5. e) Menor número de gols sofridos
  6. f) Maior saldo de gols;
  7. g) Sorteio

10.6 – Serão distribuídos troféus ao: CAMPEÃO, VICE-CAMPEÃO, 3º COLOCADO, 4º COLOCADO, ARTILHEIRO E MELHOR GOLEIRO E EQUIPE MAIS DISCIPLINADA, ALÉM DE MEDALHAS ÀS TRÊS PRIMEIRAS EQUIPES COLOCADAS.

 

ARTIGO 11º – DISPOSIÇÕES GERAIS

12.1 – Os árbitros serão indicados pela Comissão de Arbitragem do Departamento de Esportes.

12.2 – A autoridade máxima dentro do campo de jogo é o árbitro, e como tal, deve ser respeitado, cabendo ao mesmo as decisões necessárias ao bom andamento do jogo.

12.3 – Nenhuma equipe poderá rejeitar ou vetar qualquer árbitro sob pena de ser eliminada do campeonato, ficando tal decisão a cargo do Departamento de Esportes.

12.4 – É da competência do Departamento de Esportes interpretar esse regulamento, zelar pela obediência e resolver todos os casos omissos.

12.5 – Este regulamento está diretamente subordinado aos Estatutos do CERD.

 

 

COMISSÃO ORGANIZADORA

DEPARTAMENTO DE ESPORTES